14 setembro, 2008

Corrosão sobre Porcelana


As possibilidades de técnicas de pinturas sobre porcelana são inúmeras.
Uma delas bem interessante e que tive o privilégio de aprender num seminário com a excelente mestra Pilar Burgos, foi a técnica de corrosão com ácido.

Os materiais necessários são, alcatrão, ácido, algodão, água, bicarbonato de sódio, diluente e tintas de porcelana.

Como envolve o manuseamento com um ácido tóxico e muito corrosivo, não poder ser efectuado dentro de recintos, devendo ser feito com extrema precaução, usando roupas próprias e máscaras com filtros apropriados.

O alcatrão, em estado líquido, serve para isolar as partes que não desejamos que o ácido corroa.



Um trabalho de Noémia Travassos



É uma técnica muito interessante, pouco comum e a boa notícia é que contamos ter a mestra Pilar Burgos nos próximos meses para mais um seminário.

Quem estiver interessado(a) em participar, basta contactar-me pelo meu e-mail ou telefone (podem visualizá-los no blog, no "meu perfil").

Os motivos da pintura podem ser ... todos aqueles que a nossa imaginação intua.

Apaixonada como sou pelas antigas civilizações, escolhi um tema Azteca usando as cores ocre, vários tons de castanhos, preto e acabamento a ouro.

Adorei o resultado bem texturado e a aparência de antiguidade pré-colombiana.

1 comentário:

Taxonomys disse...

A peça tem um óptimo aspecto na foto e imagino que o objecto real deve ser ainda mais impressionante... Impressionante é ainda a (alegada) fragilidade feminina aliada à (também alegada) dureza dos materiais e reagentes...

Parabéns dum verdadeiro químico!!!