07 julho, 2011

Miscigenação - Visita Virtual na Galeria Art 3

6 comentários:

Libânia Madureira disse...

“Miscigenação”


Abrem-se os brotos do tempo
Nas elegias do momento
Pincelando a natureza
Num arco-íris de rara beleza,
Deixando fluir os seus mais
Puros momentos de inspiração,
No brilho dos cristais
Da primavera.
Doce quimera
Superando o brilho das estrelas
A quem fez por merecê-las,
Nas diferentes formas e cores
Cheia de magia e odores.

Provada magnitude
Em premissas e virtude
Das vivências do dia-a-dia.
Fecunda poesia
Lapidando horizontes
Ainda por rasgar.
Constelação bordada do olhar,
Trazendo à magia do sentimento
Toda a beleza e encantamento.

Por entre alvorada
E treva, brilho iridescente
Se propaga,
Emerge, a espécie eleita
Na matriz pura.
Obra perfeita,
Arquitectada
Miscigenação que perdura,
Atravessando os sulcos da memória,
Onde termina o texto ázimo da infância,
Reinventando o que dela resta, num outro idioma.
Tempo docemente renovado,
Pelo momento, pela História,
Nova fragrância,
Doce aroma,
Invade e emana
Da tela e na porcelana…


Libânia Madureira

Cleo Borges disse...

Lindo trabalho!

Noemia Travassos disse...

Minha querida LI,

O João e eu, tivemos o privilégio do teu poema, especialmente concebido, para a nossa "Miscigenação".
Ouvir-te declamar, na inauguração, este sentir profundo e dedicado foi um dos pontos altos do evento, que ficou guardado para sempre em mim.
Na minha próxima publicação deste espaço ele estará na 1ª página.
Obg minha amiga, poetisa por seres quem és e pela tua amizade!

Santa Imaginação disse...

Noemia...já tinha vistos as fotos...mas o vídeo ficou ótimo...mais uma vez parabéns pelo trabalho belíssimo de vocês!!!
Bjs

Zu

Noemia Travassos disse...

Olá Cleo, que bom reler-te!

Volte sempre Amiga !

Noemia Travassos disse...

Querida Zu,

Obg pelas suas palavras e o meu perdão porque tenho andando longe do mundo blog, contudo muito envolvida nestas lides das artes. Tive 3 exposições em simultâneo que me absorveram por completo. Espero em breve poder publicar e partilhar com todos esses encontros de arte. Até breve, artista de mão-cheia!