27 agosto, 2009

Espargir Cultura

Sob a égide do Dr. Arménio Vasconcelos, teve lugar no passado dia 08 de Agosto em Além do Rio, Castro Daire, a comemoração do nascimento do Museu Mª da Fontinha, da criação do Museu do Território do Vale da Paiva e Serras (que integra 50 núcleos museológicos) e ainda, da apresentação dos elementos da recém criada Academia de Letras e Artes Lusófonas-ACLAL, com mais de quinhentos membros fundadores nos oito Países da Lusofonia e em algumas Comunidades onde se fala a nossa língua, pelas sete partidas do globo.
Participaram de mais de 100 brasileiros e dezenas de participantes de cada um dos demais Países, além de Goa, Margão, Macau, Canadá, França, Suíça, Alemanha, EE UU, Reino Unido, Espanha, enfim ... irmãos, amigos e companheiros vindos das terras onde se expressam em PORTUGUÊS.

Trabalho de Noémia Travassos

Na qualidade de sócia fundadora da ACLAL e amiga do Museu Mª da Fontinha, prestei o meu tributo com este painel de azulejos 1 x 0,70 m, pintado com as técnicas da porcelana e que pretende representar a união dos povos pelas artes.

Detalhe 1

Para ilustrar as sete artes principais usei um Náutilo, um ser marinho que descende do Paleozóico.
Detalhe 2
Em representação dos navegadores portugueses que descobriram novos mundos no mundo

Detalhe 3
Uma afrodite sob a forma de sereia sustenta a chama viva da criatividade, estrela guia para todos aqueles que ainda estão no despertar da Arte.
À Associação ACLAL e aos novos Museus, desejo os maiores sucessos e que atinjam rapidamente os objectivos a que se proposeram.

8 comentários:

Nônô disse...

Os meus sinceros parabéns Noémia.
Que excelente trabalho!...
Muito criativo e original, sempre tão bem executado e com a explicação do mais importantes detalhes como é seu hábito.
E a conjugação das cores está linda.
Adorei...Amei...

As dimensões são mesmo estas? 1000 x 700 cm?
Não sei, acho que pode ter-se enganado.
Se não, as minhas desculpas.

Uma beijoca e mais uma vez, PARABÉNS
Leonor

Ana Oliveira disse...

Noémia

Parabéns pelo excelente trabalho.
Pela imaginação e excelência da execução!

Beijos

Ana

Noemia Travassos disse...

Obg pela vossa força e presença, Ana e Nônô e também pelo alerta sobre as medidas que deviam ser milímetros....
É o que dá escrever noite dentro.Um abração! É mt bom contar com a v/amizade !

Santa Imaginação disse...

Noemia olá!!!Nem tenho muito o que dizer sobre esse painel...como sempre maravilhoso!!!!Tenho sim por agradecer o seu comentário em meu blog!!!Quanta honra vindo de uma artista como você!!!Muito obrigada...Quando vier em alguma exposição aqui no Brasil, por favor avise...Gostaria muito de ver de perto seus trabalhos!!!Abraços
Zu

wallper.lima disse...

Olá amiga Noemia! É com imenso prazer que estou aqui olhando esse painel lindíssimo, pintado por vc. Sei que todo "artista", tem em cada obra, uma história, que ele formula e que se transforma no poder de criação. Conforme vc descreveu, sua trajetória para se chegar a esse resultado foi profundamente vivida, transformada, e passada divinamente por suas mãos. Cada figura representa um momento, um fato, e as cores suaves e ao mesmo tempo mais fortes, dão vida e luz...parabéns amiga!
Também vim agradecer a vc pelo lindo comentário sobre a minha postagem de 1° ano do Wallarte - e quero dizer que pra mim, é bom demais tê-la na minha lista de pessoas especiaís, e que me sinto feliz por ter descoberto seu blog, de ser sua seguidora.
Bjocas .
Waleria Lima.

marai josé disse...

Noémia
só agora vi o teu excelente trabalho. Está lindo e com o primor de execução a que, aliás,nos habituaste! Julgo que fazer feio é que será difícil para ti.
Parabéns na dimensão da tua arte.
bjos zezinha

Libânia Madureira disse...

ACLAL!


A cademia da
C ultura, da
L íngua, dos
A fectos, numa
L iberdade, plena harmonia, que se perpetua nos múltiplos aspectos da multiculturalidade…


Academia
Das metáforas do coração
Dos sonhos e anseios, doce alquimia
Escritos, esculpidos, retratos de emoção
Do pintor, do escultor, do músico, do poeta
Indo além, sendo voz, mensageiro e profeta…

Cultura
As gotas essenciais
Onde a voz entorpecida ou muda
Frágil ou modesta
Se faz sublime partícula do milagre amoroso
Sã interculturalidade que se manifesta
Como rio caudaloso
Transpondo mares de infinitos mananciais…

Lusofonia
Nas artes, nas letras, a caminhada
Vai esboçando no universo
Inspiradas alianças poéticas
Forjadas rimas explodindo ogivas éticas
Alcançando quadrantes diversos
Na doce alvorada
Plena de harmonia…

Afectos
Nos brilhos purpurinos
Nos crepúsculos matutinos
Na semente lançada ao mundo
Despontarão novas flores
De delicados alvores
Cujas melodias sublimes e suaves
Excederão o encanto
Num novo canto
De sustenidos ou graves
Acordes dilectos…

L íngua Portuguesa na sua realeza
A rquitectando as palavras com eloquência
L iberdade, sapiência
C írio iluminando um cenário que se modela
A rco-íris que o firmamento nivela …

Libânia Madureira

Noemia Travassos disse...

Minha querida Poetisa Libânia,

Ninguém descreveu tão bem, tão docemente a sigla da ACLAL- Academia de Letras e Artes Lusófonas.
É com essa tua profundidade, valentia e força no acreditar, que a nossa Academia será sem dúvida e muito em breve, a Porta voz das Letras e Artes Lusófonas.
Bem hajas Amiga pela força que a todos nós transmites!