19 junho, 2009

Ainda a Exposição da UPAP

...E de como uma ideia latente se torna real...


A ideia era simples.
Adejava irresoluta, em sombras e cores.
Às vezes parecia querer germinar, depois duvidava de si e aquietava-se.
Sobre a mesa de trabalho, um frasco de médio aquoso trazido de França, apetecia...depois, adiado, deixava-se ficar à espera da mão que lhe tocava para se fazer lembrado.
Queria eu ou queria ele... servir para qualquer coisa mais do que as especificações do fabricante.
Então aconteceu a 53ª Exposição da UPAP, com tantos e tão bons trabalhos inovadores e as demonstrações da Noémia Travassos, de macro sobre porcelana, e da Zezinha Cardoso, de aguarela sobre porcelana.
E a semente germinou, tocada por um inesperado raio de sol.
Na tentativa de desenvolver uma técnica viável inspirei-me em trabalhos do Professor Filipe Pereira, antes de partir para peças originais.
Assim, de um fôlego só, nasceram estes primeiros trabalhos, executados com médio aquoso de secagem rápida...dizem os senhores que sabem que ele só serve para canetar e para relevo de corrosão...digo eu que também pode pintar!

5 comentários:

maria josé cardoso disse...

Boa Ana! estou felicíssima por ver que o meu entusiasmo por esta técnica já está a dar resultados! Muitos parabéns, belo trabalho. Parabéns aos molhos

Nônô disse...

Olá Ana,
Também eu fiquei entusiasmada com a demonstração da Zézinha e também experimentei a técnica, com produtos semelhantes que tinha em casa. Mas infelizmente o resultado não foi o que eu esperava.
Gosto!...principalmente das papoilas vermelhas.
Muitos parabéns

Baby disse...

Pois esse médio aquoso serve mesmo para pintar e muito bem, masa acredito que a maoir ajuda foi da artista! Parabéns, tenho pena de não ter podido ir ver ao vivo, mas tinha um compromisso nesse fim de semana.

Um beijo.

wallper.lima disse...

Lindo trabalho!
Bjs.
Waleria Lima

wallper.lima disse...

Oi Noemia! Vim aqui agradecer sua visita em meu blog, e também dizer que um elogío vindo de vc, é bom demais, e me fêz feliz!
Bjocas em seu coração.
Waleria Lima.